09/07/2014

Alemanha 7x1 Brasil, e não é só no Jogo de ontem #WorldCup2014


Fonte: Google Imagens

“Sentia vontade de chorar, mas não saía lágrima alguma. Era só uma espécie de tristeza, de náusea, uma mistura de uma com a outra, não existe nada pior." - Charles Bukowski

Decepção, tristeza. Talvez não exista palavra no Mundo capaz de expressar o sentimento que se passa dentro de cada coração, de cada torcedor que acompanhou e realmente acreditava na vitória brasileira. Ou tinha certeza. Quase certeza. E aí surge um imprevisto. Um não, sete imprevistos. Um dia para se esquecer da memória, apagar de vez, nunca mais voltar a falar no assunto. Tipo ex amor, sabe? Que a gente prefere esquecer do que ficar remoendo. Mas com certeza não vai ser fácil apagar assim. Jornais europeus noticiando a todo tempo um fato importante, histórico. Pena que desta vez fazer história não é bom. Não nessas condições. Não com 7x1. Não com essa humilhação em nosso próprio país. Ficar na história só seria bom com o Hexa. Mas desta vez o sonho já acabou. Acordamos. E podemos ver no que erramos, e não foi só no Futebol, meus caros. O Brasil errou em outras 7 questões, que não foram os gols. O Brasil perde para a Alemanha 7 vezes, e não estou falando do Jogo de ontem. Estou falando de Educação, Saúde Pública, Governo, Segurança, Impostos, PIB, e Industrias. Não entendeu o que estas coisas tem a ver com perder? Calma, vou explicar todas.

1 - Educação

O sistema de ensino da Alemanha é divergente do Brasileiro, e para melhor. Todas as crianças alemãs são inseridas na escola aos 6 anos de idade. Mas aos 3 anos tem o seu lugar no jardim da infância garantido por lei. 
O primeiro dia das crianças do ensino fundamental na escola é bem diferente dos nossos. Eles colocam uma espécie de "cone colorido" cheio de doces e presentes. Eu ia para a escola bem animadinha se fosse eles.
O ensino fundamental é gratuito e dura de quatro a seis anos. Meio período.
Após ele, as crianças começam a ser orientadas para sua vida profissional e vão para as chamadas escolas secundárias. Os pais e os professores são quem decidem a que escola a criança irá pertencer, julgando o desempenho dela no ensino fundamental. Mas isto pode ser modificado caso ela não se adapte.

Após concluir o curso do ensino médio o aluno pode obter o certificado "Abitur", que é como um vestibular brasileiro. O jovem a partir disto pode frequentar o curso que escolher em qualquer universidade, mas de acordo com suas notas. 
Os alunos com as melhores notas têm preferência nas faculdades e nas escolhas de profissões mais especializadas, como por exemplo, medicina. Mas o sistema de notas nas escolas alemãs funciona de outra forma: 1 é como o "dez" no Brasil, e as notas vão de 1 a 6. O 6 representa o zero.
As universidades são publicas e gratuitas.

2 Saúde Pública

A Alemanha aplica cerca de 11% do seu PIB no sistema de saúde. Apesar de muitas regras e muito dinheiro custeado pelo povo alemão, o padrão de saúde é muito alto. Porém, o sistema é de alta qualidade, o que torna tudo muito melhor. Afinal, no Brasil também pagamos altos impostos e dinheiro que não vemos nem a cor e o SUS não é grande coisa. 
Lá, é obrigatório que as pessoas tenham um plano de saúde, e mesmo que você for Brasileira, o plano pode cobrir o território europeu então está tudo certinho. E para os alemães é um pouco mais de informação.
Existem dois tipos de planos de saúde: o público e o privado. 

Público: custa 150 euros por mês e se você trabalha lá, quem irá arcar a despesa é a empresa responsável por seu contrato. Também te dá direito a dependentes, caso seus filhos sejam menores de idade.

Mas dependendo da sua renda anual, você pode ser obrigado a ter um plano privado. A Alemanha é um país que preza a igualdade social. Então com isto, se você tem mais entrada de dinheiro anual, nada mais justo do que você parar de usar o dinheiro público para cuidar da sua saúde e começar a aplicar o seu dinheiro para aqueles que não tem condições de pagar.

Existem apenas poucas doenças locais. Os mais perigosos são os FSME Borreolosis e que são transmitidas por carrapatos, comum no sul do Iraque entre maio e agosto. Especialmente nas florestas, temos de ter cuidado e verificar o corpo após as atividades ao ar livre.

Mortalidade infantil na Alemanha
3,51 mortes/1.000 nascimentos homens
3,81 mortes/1.000 nascimentos mulheres
(2011 est.).

Na Alemanha, a longevidade é de 78 anos. Seis anos a mais que no Brasil, com 72 em média.

3 Governo

A Alemanha é uma democracia constitucional federal. Tem um sistema parlamentar em que o chefe de governo, o Chanceler, é eleito pelo parlamento. O parlamento, é eleito de quatro em quatro anos por voto popular, usando um complexo sistema que combina o voto direto com representação proporcional. Os 16 Estados estão representados federalmente no Conselho Federal, que tem palavra no processo legislativo. 
A função de chefe de Estado é do Presidente Federal, cujos poderes estão limitados apenas a funções cerimoniais e de representação do Estado.
O braço judicial inclui o Tribunal Constitucional, que pode bloquear qualquer ato de legislação ou administração se estes forem considerados inconstitucionais.

4 Segurança 

A Alemanha é um país com muita segurança, baixos índices de criminalidade. A polícia é facilmente encontrada em diversos locais e horários.
De forma geral, os índices de criminalidade na Alemanha demonstram uma tendência de redução nos últimos anos. Entre os fatores para tal decréscimo está, segundo especialistas, o envelhecimento da população do país.
A sensação de segurança é a de poder usar a câmera, celular, dinheiro e etc sem que ninguém venha te saquear.

5 Alguns Impostos

Lohnsteuer - Descontos correspondentes ao nosso INSS:
Rentenversicherung - é a nossa previdência social , de onde sai a aposentadoria.
Kirchensteuer - é o dízimo obrigatório. Se você declara que é católico ou evangélico ou judeu, uma porcentagem do seu salário (que não é 10%) é descontada e encaminhada para a sua igreja. Vale lembrar que as igrejas aqui tem que mostrar serviço e tem certas obrigações sociais (escolas, orfanatos, asilos etc)

6 PIB

A Alemanha tem a economia mais importante da Europa e é a quarta potência econômica mundial depois dos Estados Unidos, China e Japão. E em termos de PIB A Alemanha é a terceira economia mundial. Aproximadamente 3,4 trilhões de dólares. Dados de 2012.

7 Melhores industrias

As indústrias metalúrgicas e químicas têm um significante papel na economia da Alemanha, enquanto na agricultura, a média propriedade familiar, altamente mecanizada predomina. 
Dentre as maiores empresas negociadas na bolsa, em relação ao faturamento, o Fortune Global 500, 37 companhias estão sediadas na Alemanha. As dez maiores são Daimler (Mercedes-Benz), Volkswagen, Allianz (a empresa mais lucrativa), Siemens, Deutsche Bank (2ª mais lucrativa), E.ON, Deutsche Post, Deutsche Telekom, Metro e BASF. Outras grandes empresas de capital alemão são Adidas, Puma AG, Audi, Bayer, BMW, Deutsche Bahn, Henkel, Lufthansa, MAN, Nivea, Porsche, Wella, entre outras, que demonstram a força econômica alemã nos mais diversos segmentos de mercado. 

Perdemos sim, reconhecemos o erro. Agora basta "acertar o time" nas urnas. Está mais do que na hora de mudar. Pra melhor.
#MostratuaforçaBrasil, mas dessa vez não é no futebol. E sim nas urnas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Hi, Cultura! . Powered by Blogger :: Voltar ao topo imagem-logo