17/10/2014

Palavras ao vento: Reclamar menos da vida e sorrir mais


Fui ao psicólogo ontem. Pela primeira vez, eu senti que não estou sozinha no Mundo. Parei para pensar no quanto reclamo da vida, o tempo todo. E sei que em algum momento você já fez isso também. Seja após o término de um relacionamento de anos, seja após perder uma pessoa querida, ou até mesmo o simples estrago de um bem material. Qual, é. Somos humanos. Não banque o hipócrita, você já reclamou alguma vez. Porém percebi que somos muito ingratos. Eu mesmo, sou MUITO ingrata por reclamar. Se for analisar, tem gente pior do que a gente. Que muitas vezes não tem o que comer, ou vestir. Queremos ter tudo, e se não temos, fazemos pirraça. Quantas crianças queriam ganhar um presente nesse domingo que passou, e não ganharam nem um abraço dos pais, pois são órfãos? Não estou bancando a falsa moralista, só quero que vocês pensem comigo também. É uma forma de ser alguém melhor.
Vou contar uma coisinha para vocês, quem sabe ajude.


Sabe a realidade dessas crianças aí do vídeo? Era a do meu primo, que hoje tem 13 anos, mas descobriu o câncer com 3 aninhos. Sabe como é para uma criança de 3 aninhos? Ele tinha de ficar praticamente um dia inteeeeiro sem comer para fazer a quimio, mas jamais vi ele chorando por isso. NUNCA ouvi ele reclamar do câncer, e aí você pode me dizer: "ah, mas ele era pequenino...", só que ele se curou totalmente aos 9 anos, já tinha consciência da doença. E mesmo assim, nunca reclamou, nunca chorou, nunca o vi pedindo para morrer. Ele sempre foi uma criança inspiradora, e tenho certeza de que vai ser um adulto muito correto no futuro. Fora que o menino tem muito mais coisa na vida dele para sofrer. Descobriu quem era o verdadeiro Pai nesse ano, pois meu tio (irmão da mãe dele) o criou como filho, e ele realmente chamava meu tio de pai, ou seja, o verdadeiro Pai dele, era meu tio (que não é o pai dele). Ah, é confuso, mas vocês entenderam.

O que eu quis dizer com isso tudo? Que as vezes a gente reclama à toa, que tem gente muito pior, em condições piores do que a gente. 
É isso amores.

PS: MEU NOTEBOOK QUEIMOU HOJE, O BLOG VAI FICAR DESATUALIZADO, MAS PROMETO QUE VOLTO LOGO <3 Tentarei postar duas vezes por semana no mínimo nesse tempo.

Sabe por quê na igreja perguntam se VOCÊ quer aceitar a Jesus? Pois ele já aceitou você, no momento que ele morreu na cruz. Não estou fazendo apelo religioso, mas pense nisso <3

9 comentários:

  1. adorei seu blog e o texto! É assim mesmo! :/

    ResponderExcluir
  2. Tenho que me policiar para reclamar menos da vida. As pessoas nunc valorizam o que tem.

    http://www.eucurtoliteratura.com/

    ResponderExcluir
  3. Esses dias tenho andado estressada e reclamando muito, ai me dou conta do que estou fazendo e sinto vergonha de ser assim.
    De que adianta reclamar? Só nos faz mal. Bom mesmo é aproveitar as coisas boas, as oportunidades, a beleza de tudo.
    Parabéns pelo texto!!

    Beijos
    O Outro Lado da Raposa
    Twitter
    Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Rai! Temos que aproveitar enquanto é tempo, afinal nunca sabemos o dia de amanhã :\

      Excluir
  4. Realmente, reclamamos tanto da vida e não aproveitamos as coisas boas e simples que ela nos trás.


    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
  5. Toda vez que reclamo de algo eu me sinto culpada, sabe? Existem tantas pessoas passando por dificuldades.. :/

    ResponderExcluir

© Hi, Cultura! . Powered by Blogger :: Voltar ao topo imagem-logo