23/01/2015

Tirando suas dúvidas: Como é ir ao psicólogo? + Minha primeira vez

Fonte: Blog tá ligado

Olá meninas! Tudo bom com vocês? Bom, resolvi fazer um post um pouco diferente do convencional hoje. Eu estava frequentando o psicólogo do meu colégio no ano passado e percebi que várias pessoas "torciam o nariz" quando eu falava/falo nisso. Acho que grande parte desse susto seja por falta de conhecimento que as pessoas tem a respeito do profissional. Por achar que "só louco vai ao psicólogo" (o que é errado, porque o nome do médico de loucos é o psiquiatra, mas enfim). As pessoas tem sim um preconceito quando se trata desse assunto. Ok, vou parar de encher linguiça e tirar as dúvidas de vocês.

"Katy, como é ir ao psicólogo?"
Então, no começo eu também me assustei bastante com a ideia, e fiquei beeeem ansiosa até o dia da consulta para saber como seria, mas acredito que fosse somente curiosidade mesmo. Como o psicólogo que eu fui é no meu colégio mesmo, ele não tem um divã como esses de filmes, mas sim uma sala com cadeiras normais. Você chega lá, e ele começa a perguntar, o que te levou lá, como anda a sua vida emocional, física, mental, como você está se sentindo... ele desenrola um papo com você.

"Ai meu Deus vou ter que contar minha vida pra ele"
Sim, e não. Você só vai contar aquela parte que precisa de ajuda, o motivo de estar ali. Ele vai te fazer algumas perguntas para conseguir "te entender", mas só responda-as. Não precisa contar detalhes de sua vida, apenas o que achar necessário. E mesmo se você contar sua vida inteeeeeira para ele, é como se estivesse falando para um fantasma porque ele NÃO PODE contar para mais ninguém dos seus problemas, e tudo que você disser para ele. É segredinho, viu? Meu psicólogo mesmo disse, que ouve vários problemas dos seus pacientes durante o dia, mas que quando sai do escritório, ele só relaxa, e vai para casa como uma pessoa normal, e não fica pensando nas coisas que os outros lhe trouxeram durante o dia, pois aquilo só lhe traria mal. Então, tira essa neura! Ele não vai sair espalhando por aí.

Fonte: Google imagens / Castelo Branco
Ele dá conselhos?
Basicamente, sim. Não seriam conselhos, mas ele faz com que você mesmo veja o seu problema, e consiga resolver. É como se você levasse um quebra cabeça pra ele, ele te ajuda a montar, e te devolve, do jeito que ele montou. Não necessariamente você precisa seguir os conselhos dele (mas deveria!!), ele apenas está encontrando a melhor forma para você.

E após a consulta, como eu vou ficar? O que fazer? 

Por mim eu posso dizer que bem mais tranquila, em paz. Todo mundo precisa expor os seus sentimentos, caso contrário acaba tornando-se uma pessoa muito amargurada, por ficar guardando tudo para si. Hoje em dia desabafar com as pessoas não funciona muito, tem gente falsa demais, e as pessoas estão muito egoístas, só pensam em si. Acredito que essa profissão seja muito valorizada futuramente, já que há uma demanda de pacientes gigante. O psicólogo pode ser um amigo seu se você quiser. Eu recomendo para todos.

E aí, gostaram do post? Tentei sanar as dúvidas mais frequentes, mas se tiverem outras, joguem nos comentários que eu vou AMAR responder! Um beijo e até o próximo post.

20 comentários:

  1. Coitados dos psicólogos se saíssem das sessões e fossem para casa pensar no mesmo assunto o resto do tempo :)
    Gostei imenso de saber um bocadinho mais.
    Beijocas*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí Vanessa hahaha
      Beijos e obrigada por comentar

      Excluir
  2. Legal você reconhecer a importância dessa profissão! Ainda sonho em cursar psicologia. As pessoas a minha volta dizem que levo jeito.. . rsrs

    www.julianacremonine.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sonhava em cursar, até descobrir que o povo estuda Freud a faculdade toda kkkkK
      Beijos Ju

      Excluir
  3. Nem psiquiatra é médico para doidos! Tem gente que tá com depressão, ou algo assim e que precisa tomar remédios mais forte que o Psicólogo não pode passar! Quanto eu era adolescente fazia terapia, era ótimo!
    Tenho que voltar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso hahaha desculpa, já to me retratando :p
      Beijos Ingrid, saudades de você comentando aqui <3

      Excluir
  4. Já fui ao psicólogo em uma determinada fase da minha vida (posteriormente tive alta) era muito bom, era uma hora por semana que eu só cuidava de mim mesma.

    http://www.eucurtoliteratura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aguardo o dia da minha alta, porque né hahahaha
      E sim, é um momento relax, todos deveriam ter.
      Beijos Nanan

      Excluir
  5. Gostei muito do post, elucidou muitas dúvida comuns a quem não conhece bem essa área.
    Apesar de nunca ter frequentado um, como sou da área da saúde sei muito bem a importância de não manter sentimentos e aflições guardados, pois podem virar grandes problemas posteriormente.

    beijos :*
    http://descomplicandocosmeticos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem isso Raissa, é importante aliviar a "alma" rs, para evitar outros problemas ;)
      As pessoas que guardam as coisas pra si as vezes ficam amargas e etc...
      Um beijo, volte sempre!

      Excluir
  6. Tenho muita vontade de fazer terapia, acho que todo mundo deveria fazer.

    ResponderExcluir
  7. Esse post ficou muito bom, Katlyn!
    Eu sempre tive curiosidade de ir no psicólogo e quero ver se consigo ir esse ano. O problema é que não é barato, né? =/
    Eu gosto muito de tentar evoluir, por isso filosofo muito todos os dias, sobre tudo. Acho que um profissional iria me ajudar mais ainda nessa busca pela evolução.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Mayã <3
      E bom, essa dúvida quanto ao valor eu deveria ter colocado. É realmente caro. Mas no meu colégio tem, então aproveito né ;)
      E aí na Alemanha não é mais em conta?
      Beijoss

      Excluir
  8. Eu nunca fui ao psicólogo, mas por incrível que pareça sempre tive vontade, não pelo fato de estar com problemas, mas queria saber como era, ver o ponto de vista de alguém que não me conhece, me conhecer melhor, enfim, acho muito bom isso. :) E adorei o nome do seu blog, gostei mesmo.

    Beijos, Gabriela.
    www.wespeakvogue.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo mundo tem curiosidade hahahaha vai, conhece, e depois me conta ;)
      Beijos Gabi, e obrigada, o seu também é mega criativo :D

      Excluir
  9. Oi Katlyn eu tenho muita curiosidade e vontade de me consultar com um psicologo, mas acho que no meu caso eu teria sim que contar minha vida inteira, pois não vejo um problema especifico, não que eu seja problematica, mas acho que td começa na infancia.
    Obrigada por compartilhar sua experiência.
    Beijos
    http://comdebyduar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas a minha tbm kkkk bem isso. Só que a conversa flui bem, é legal ir contando aos poucos.
      Obrigada por comentar Debora, um beijo

      Excluir
  10. Eu gostaria de saber como marcar a consulta! se precisa ser encaminhada ou qualquer pessoa pode marcar?
    Um grande beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para o psicólogo você mesmo pode marcar, para o psiquiatra tem que ser encaminhado por um médico.
      Beijos Tuane!

      Excluir

© Hi, Cultura! . Powered by Blogger :: Voltar ao topo imagem-logo