25/07/2015

25/07 - DIA DO ESCRITOR


Escrever, escrever, escrever. Dizem que quem canta os males espanta. Eu discordo. Quem escreve, os males espanta. Quem escreve, alivia a dor. Para de se iludir com o amor. Ou continua, dependendo de sua revolta e intensidade. Quem escreve, ama. Quem escreve, desama. Quem escreve vive em uma maré de sentimentos bons e ruins que vivem se entrelaçando entre si. Quem escreve destila os sentimentos pelas páginas afora. Pelas internets afora. Quem escreve, desabafa, ou quer que alguém o compreenda. Não é fácil compreender um escritor, eu sei. Mas tente. Todos eles têm algo a nos oferecer seja sentimento bom, ou apenas algo ruim. A cada livro e sentimentos transmitidos, você começa a se abrilhantar com a vida de escritor. Esse que nos dá belas obras. Esse que afaga a alma dos outros com suas palavras tão serenas. Quem escreve, escreve com a mente, com o corpo, com a alma. Quem escreve se entrega a uma menção sobre algo, ou melhor, alguém. Sempre há alguém por trás de belas palavras. Para alguém aquilo foi escrito, para alguém será lido. Escritor é aquele que vive para escrever nem que for em um guardanapo. Em um pedaço de papel qualquer. Escritor renomado, ou escritor de boteco. Escritor, escritores, poetas, pensadores. Escritores. Escrever dores. Escrever amores.

Quando escrevemos, nos aliviamos de toda amargura. Colocar os sentimentos no papel, além de mais simples, é tão mais bonito. Torna-os tão puros, verdadeiros e majestosos. Há quem diga que escrever é um dom. E eu concordo. Mas é muito mais que isso. Escrever é uma dádiva de Deus. Ter o poder de organizar as palavras em conjunto, para que formem frases, textos, oratórias e tudo o mais. Há quem diga que os poetas são loucos. Eu concordo, pois só sendo um pouco louco para, ao menos um pouco, se deliciar na aventura de mesclar as palavras para formar canções escritas.

Para você poeta, ou escritor, seja de um blog ou de um best-seller, todos os parabéns do mundo.
Parabéns pelo seu, pelo nosso dia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Hi, Cultura! . Powered by Blogger :: Voltar ao topo imagem-logo